VOLTAIRE – Contos:

By Acervo Filosófico

Por: Juliana Vannucchi

  Em 1972, a coleção “Imortais da Literatura”, publicada e organizada pela editora Abril, lançou o volume 40, que consiste em uma notável coletânea de contos escritos por Voltaire (Paris/1694 – Paris/1778). O livro tem mais de 600 páginas e possui um excelente complemento que consiste em breves notas introdutórias escritas por Sérgio Milliet (1898-1966), renomado tradutor, crítico literário e escritor brasileiro.

  Voltaire foi uma figura muito importante durante o período do Iluminismo Francês e, assim, tornou-se um filósofo de grande importância, cuja obra, até os dias de hoje, ainda é imensamente valorizada e constantemente mencionada em palestras e livros de Filosofia e de História, estudos acadêmicos, e em outras situações. Destacou-se por seu pensamento liberalista e por seus textos de caráter crítico. No livro “Contos – Voltaire” encontram-se presentes mais de vinte histórias e, dentre tais, estão reunidas as principais e mais populares que o filósofo escreveu, tais como os clássicos Cândido ou o Otimismo, Zadig ou o Destino, Micrômegas, A Princesa da Babilônia, entre vários outros. Alguns dos contos que compõe a referida edição são longos, enquanto outros possuem apenas duas ou três páginas, mas todos são verdadeiros convites reflexivos sobre temas variados, como ética e a metafísica que se encontram como pano de fundo do desenvolvimento das narrativas.

   Certamente, esta edição de contos lançada pela editora Abril é a maior compilação brasileira de contos de Voltaire e, assim sendo, é indicada para qualquer um que busca se familiarizar ou se aprofundar no estudo dos pensamentos do filósofo francês. Pelo fato de estar fora de catálogo, o livro só pode ser encontrado em sebos físicos e/ou virtuais. Vale a pena adquirir um exemplar, deixo a sugestão. Para quem busca estudar e conhecer mais sobre filosofia de Voltaire, indico duas outras obras: Dicionário Filosófico, Cartas Filosóficas e Tratado de Metafísica.

 

 Category: ESPECIAIS INDICAÇÕES

Related articles

Leave a Reply