VOLTAIRE:

By Acervo Filosófico

Por: Gustavo Garrote

(….) – Nunca houve império mais universal do que o do Diabo, declarou.

E quem foi que o destronou?

A Razão.

François-Marie Arouet, mais conhecido pelo pseudônimo de “Voltaire”, foi um dos  filósofos mais ilustres do ocidente. Nasceu em 1694 em Paris e faleceu em 1788 nessa mesma cidade. Tornou-se um dos maiores nomes do Iluminismo e de toda a história da Filosofia e, abaixo, iremos explorar alguns dos principais fatores pelos quais se destacou.

Voltaire (1694–1778). Por: Nicolas de Largillière.

O filósofo parisiense teve sua escrita marcada por uma tonalidade satírica que lhe foi uma marca muito particular, e que foi bastante ousada para o tempo em que viveu. Possuía fortes inclinações liberais e foi grande crítico das tradições católicas e também de castas sociais privilegiadas, tal como reis, clero e nobreza. Essa postura crítica e a tentativa de priorizar e coroar a liberdade, que era um dos valores que mais permeava por se pensamento, acabou fazendo com que o filósofo fosse preso na Bastilha e exilado de seu país natal. Entretanto, essas punições não o impediram de continuar sua luta contra a intolerância, suas árduas denúncias à hipocrisias sociais, e sua luta contra os exageros da Igreja Católica e contra os abusos dos detentores do poder.

Voltaire foi um dos pensadores mais marcantes e interessantes do Iluminismo e as ideias que propagou por meio de seus livros tiveram algum grau de influência tanto na Revolução Francesa quanto no processo de independência dos Estados Unidos. Dentre suas principais obras, encontram-se “Cândido ou o Otimismo”, Dicionário Filosófico”, “Zadig ou o Destino”, “Cartas Filosóficas” e “Tratado Sobre a Tolerância”. Um fato interessante a respeito de Voltaire, é que ele não escreveu apenas livros de cunho filósofo, mas também produziu poemas, romances, peças teatrais e outros gêneros literários. E uma de suas produções merece especial destaque. Trata-se de “Dicionário Filosófico”, que é considerado o primeiro livro de bolso do mundo e, portanto, constituiu um formato muito inovador. Seu conteúdo também é de suma relevância, e explora em ordem alfabética alguns dos principais tópicos da história da filosofia.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

VOLTAIRE. Tratado de Metafísica, coleção “Os Pensadores”. Editora: Abril. São Paulo, 1978.

JAPIASSÚ, Hilton. MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. Editora: Jorge Zahar Editor. Rio de Janeiro, 2001.

O Pensamento Vivo de Voltaire. Organização: PAIVA, Marcelo. Coordenação Editorial: CLARET, Martin. Editora: Martin Claret. São Paulo, 1989.

 

Related articles

1 Comment

  1. Reply

    Pena de morte é vedada na CF, cláusula pétrea, podem falar o que quiserem. O mesmo para prisão perpétua. Iluminismo foi “colado na Revolução Francesa, fenômeno é bem mais complexo. Por isto que depois do Terro surgiu o Contra Iluminismo. Mesmo antes do Terror não faltaram execuções sumárias, decapitações, enforcamentos e linchamentos. Versão da história do evento no Brasil foi feita por vermelhinhos que transformaram num filme da Disney. Mais desqualificação, cristãos são hipócritas. Gandhi morreu assassinado. Dalai Lama, Epicuro, J. Cristo, argumentos morais risíveis.

Leave a Reply